09/06/2017

37 BAIRROS DE FORTALEZA E MARACANAÚ PODERÃO TER ABASTECIMENTO D’ÁGUA INTERROMPIDO

A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) informa que, neste sábado (10), de 6h às 18h, a empresa responsável pela construção do condomínio Cidade Jardim II, localizado no Conjunto José Walter, em Fortaleza, efetuará um serviço de injetamento de tubulação no sistema de abastecimento, a fim de iniciar a distribuição de água no local. Para isso, a construtora solicitou a paralisação da estação de tratamento de água da Cagece, o que poderá causar interrupção na distribuição de água em 12 bairros de Maracanaú e ocorrências de baixa vazão em 25 bairros de Fortaleza. O injetamento de água consiste na interligação de duas redes, de forma a permitir que a distribuição de água pela Cagece seja ofertada ao condomínio. Esse serviço só pode ser realizado com paralisação do sistema. Veja a lista de bairros - Em Maracanaú, os bairros que poderão ter o abastecimento temporariamente interrompido são: Conjunto Jereissati, Luzardo Viana, Vila das Flores, Olho D'Água, Mucunã, Jari, Tijuca, Residencial Maracanaú, Novo Maranguape, Outra Banda, Pajuçara e Jardim Bandeirante. Já em Fortaleza, os seguintes bairros poderão apresentar ocorrências de baixa vazão: Itaperi, Parangaba, Planalto Pici, Vila Velha, Quintino Cunha, Jardim Iracema, Jardim Guanabara, Farias Brito, Antônio Bezerra, Padre Andrade, Barra do Ceará, Floresta, Presidente Kennedy, Álvaro Weyne, Cristo Redentor, Alagadiço, São Gerardo, Vila Ellery, Monte Castelo, Carlito Pamplona, Pirambu, Jacarecanga, Parquelândia e Amadeu Furtado e Parque Araxá. Retorno do abastecimento - A companhia informa ainda que após a conclusão do serviço, o abastecimento será retomado imediatamente. Como o sistema funciona por pressão, a água chegará mais rápido nas regiões centrais e só depois nas áreas mais elevadas. O equilíbrio total do sistema deve acontecer até as 8h de domingo (11). Durante a suspensão do abastecimento, a companhia orienta aos moradores que privilegiem o consumo humano e as atividades essenciais. Para qualquer reclamação ou solicitação, a população pode entrar em contato com a companhia pelos canais de atendimento disponíveis, como a Central de Atendimento (0800.275.0195), o aplicativo Cagece Mobile (disponível para Android e iOS) ou por meio do chat online, no portal da Cagece. Fonte: Diário do Nordeste - 10:19 • 09.06.2017 / atualizado às 10:34
Anterior Proxima Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Scroll To Top