07/12/2012

EDUCADOR EVALDO DANTAS RECEBE O TÍTULO DE CIDADÃO MARANGUAPENSE

A Câmara Municipal de Maranguape realizou marcante Sessão Solene, na quinta-feira (06/12), no plenário daquela Casa Legislativa, quando na oportunidade fez a entrega de novos Títulos de Cidadania Maranguapense e dentre os homenageados, figura o educador Evaldo Dantas de Castro – Diretor da Escola Técnica de Maracanaú, por seus relevantes serviços prestados ao município, na área educacional. Hoje, Maranguape conta com um grande número de alunos da ETM/SOBEM, motivo pelo qual, recebe o reconhecimento através da proposição do Vereador Antônio Edésio Alves de Castro.


O homenageado Evaldo Dantas de Castro é um defensor da educação, pessoa que acredita na mudança do ser humano, mantendo na instituição um belíssimo trabalho social com os adolescentes da cidade, através do Projeto Jovem Aprendiz que capacita jovens de 14 a 23 anos, encaminhando ao mercado de trabalho e em seguida, retirando assim estes das ruas, das drogas e de outros males da sociedade.
A Escola Técnica de Maracanaú tem uma história de lutas e vitórias em seus 18 anos de criação. A instituição foi fundada em dezembro de 1994 e teve seu primeiro dia de aula em fevereiro de 1995.
Tudo começou depois de uma viagem feita a São Paulo pelo fundador e diretor da escola, professor Evaldo Dantas. Lá, ele conheceu Escolas e Universidades com alto nível de educação, ficando muito surpreendido com aquela realidade. Decidiu então, que quando chegasse à Fortaleza, montaria uma escola com as mesmas características.
Durante todo esse tempo, Evaldo Dantas e sua saudosa esposa Jovina Dayse visitaram várias cidades até chegarem a Maracanaú. O município foi o local que mais chamou atenção, por ter uma grande população e um amplo mercado de trabalho. Com isso, eles decidiram, com dedicação, começar a realizar os seus projetos, recebendo o apoio parcial da prefeitura local.
Apesar de algumas dificuldades no começo, aos poucos, a Escola Técnica de Maracanaú foi crescendo e mostrando seu verdadeiro objetivo que é capacitar pessoas para o mercado de trabalho. O primeiro curso ofertado pela Escola foi na área de saúde – o de Auxiliar de Enfermagem, junto com ele veio o Supletivo de 1º e 2º graus. Havia também o Curso Pré-Vestibular, que teve duração de apenas três anos.
Atualmente, a instituição conta com nove cursos técnicos: Cinco profissionalizantes e três de especificações com turmas de domingo a domingo. Estando com sedes em Baturité e Quixadá, atingindo um raio de 43 km de cidades atendidas, cujos moradores dessas cidades se conduzem até a escola de ônibus, carros e micro-ônibus, entre outros meios. Hoje, A Escola Técnica de Maracanaú conta, inclusive, com salas climatizadas, laboratórios, Biblioteca e professores especializados.

Anterior Proxima Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Scroll To Top