04/01/2011

PISTOLEIRO MAINHA É ASSASSINADO NO MUNICÍPIO DE MARANGUAPE (RMF)

O pistoleiro Idelfonso Maia Cunha – Mainha, foi morto com vários tiros por volta de 13h30min, desta terça-feira (04), no cruzamento da Rua Samambaia com Encontro das Àguas, atrás da Cadeia Pública de Maranguape, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).
Segundo policiais militares que atenderam a ocorrência, Mainha passava de cavalo quando foi abordado por quatro homens que ocupavam um Citroen preto de placas não anotadas. Os homens desceram do carro e efetuaram mais de dez tiros em direção a vítima que teve morte no local. Cerca de três tiros atingiram Mainha.
A versão dos dez tiros foi confirmada por policiais que faziam o policiamento na cadeia pública. Mainha era apontado como o responsável por mais de 60 assassinatos no Ceará, Rio Grande do Norte e outros Estados do Nordeste.
Apontado como um dos principais pistoleiros do Nordeste, Mainha é acusado de pelo menos 100 homicídios. Idelfonso chegou a confessar o assassinato do ex-prefeito de Pereiro, João Terceiro de Sousa, de Raimunda Nilda, do soldado João Odeon e do motorista Francisco Maurício de Souza. A chacina aconteceu em 1982. Seis anos depois, o suspeito foi preso e confirmou as execuções.
O pistoleiro foi preso pela última vez no dia 06 de maio de 2010.
Na ocasião ele estava acompanhado de um soldado da Polícia Militar e de outro homem dentro de um carro na CE-251, em Maracanaú. Mainha seria dono de uma criação de gado e de várias topiques em Maranguape.
Fonte: Plantão de Polícia
Anterior Proxima Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Scroll To Top