25/10/2009

SENADOR TASSO JEREISSATI AINDA NÃO DECIDIU QUEM VAI APOIAR PARA GOVERNADOR DO CEARÁ EM 2010


Duas décadas depois de iniciar uma hegemonia tucana de quatro mandatos no Ceará, o senador Tasso Jereissati se tornou o último expoente do grupo que, além de demonstrar força local, influiu nos rumos do PSDB no cenário nacional. Apesar de manter sua importância no Estado, Tasso é quase um pássaro solitário no ninho tucano cearense, já que suas principais crias políticas acabaram migrando para outros partidos.

A mudança do ciclo de poder fica clara com o cenário eleitoral para 2010. Depois de apresentar candidatos competitivos em todas as eleições para o governo desde 1990 (em 1986, Tasso se elegeu governador, mas ainda como membro do PMDB), o PSDB local deverá se contentar agora apenas em trabalhar para garantir um novo mandato para o senador.

No Ceará, os tucanos elegeram o governador em 1990 (Ciro Gomes), 1994, 1998 (Tasso nas duas ocasiões) e 2002 (Lúcio Alcântara). Perderam a reeleição em 2006, mas Alcântara apresentou uma candidatura competitiva.

No momento, o PSDB ainda não decidiu se apoiará a reeleição do governador Cid Gomes (PSB) ou a campanha oposicionista do prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa (PR). Em qualquer opção, não haverá o protagonismo demonstrado em eleições passadas.

O primeiro motivo da mudança é que o PSDB local deixou de representar o governo federal após a chegada do presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao poder, em 2003. Além disso, líderes do partido trocaram de legenda em busca de consolidação de seus projetos políticos. Foi assim com Ciro Gomes, que mudou para o PPS e depois para o PSB; com o ex-senador Sérgio Machado, que partiu rumo ao PMDB e hoje preside a Transpetro; com o ex-governador Lúcio Alcântara, que se filiou ao PR; e com o ex-vice-governador Moroni Torgan, que hoje está no DEM.

O PSDB cearense, além de não comandar o governo do Estado, tem hoje apenas dois deputados federais e um senador (o próprio Tasso). Em 2010, lutará para, ao menos, preservar esse espaço.
Anterior Proxima Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Scroll To Top