24/04/2009

DIA DE LUTA PELA REVITALIZAÇÃO DO CENTRO DA CIDADE DE MARACANAÚ


Os moradores do Centro de Maracanaú estão descontentes com a atual situação em que se encontra o lugar. Em decorrência das obras do Metrofor, de acordo com eles, “o Centro foi destruído e as pessoas ficaram isoladas”. Em protesto contra esse problema e para tentar conseguir um posicionamento das autoridades, será realizada, neste sábado (25/04), uma caminhada pela revitalização do Centro Histórico de Maracanaú. O evento será às 16 horas, saindo da Praça Major Brás (Praça da Estação).

Segundo uma das mobilizadoras do ato, Margareth Rose, “Maracanaú ficou sem o seu Centro. Embora o comércio tenha ido para outros bairros, não temos mais praça, não temos mais referência. O muro construído pelo Metrofor isolou tudo, só serve para acumular lixo e nos dá medo por causa dos riscos de assaltos. Estamos a mercê dos marginais. O Mercado Público também foi desativado”. Foram esses motivos que levaram os moradores a se unirem e resolverem realizar este “dia de luta”.

“Como uma forma de protesto, vamos todos de preto”, disse Margareth, informando que cerca de 30 mil pessoas moram no Centro da cidade de Maracanaú. Ela ainda destacou outros problemas. “A estação de trem foi derrubada. Queremos que o Metrofor faça outra. O antigo chafariz também foi destruído, ele era nosso patrimônio histórico. Queremos uma solução”.

Outra reivindicação e que, ao mesmo tempo, é uma sugestão para melhorar a situação no local, seria “abrir o muro do Metrofor para que, assim, o Centro pudesse ficar ligado ao bairro Piratininga, como antes”, disse a mobilizadora.
Anterior Proxima Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Scroll To Top